Buscar

VITAMINAS

Atualizado: Jul 1

Por: Thaiane Kubiak


As vitaminas são compostos orgânicos presentes naturalmente nos alimentos, em

quantidades relativamente pequenas que variam conforme o tipo de alimento. Não

fornecem energia diretamente, mas regulam diversos processos envolvidos na produção

de energia. Em baixas quantidades no organismo podem causar deficiências e com isso

aparecimento de doenças, e o excesso, em alguns casos, pode gerar efeitos tóxicos.

As vitaminas, de acordo com sua solubilidade, são divididas em vitaminas lipossolúveis e

hidrossolúveis. As lipossolúveis precisam de, ou seja, gorduras, para serem absorvidas e podem ser armazenadas nos nossos tecidos, como uma espécie de “estoque”. Fazem parte deste grupo as vitaminas A, D, E e K.


Já o grupo das vitaminas hidrossolúveis é composto pelas vitaminas do complexo B e vitamina C e, por serem solúveis em água, são facilmente excretadas pela urina, portanto uma oferta diária adequada deste grupo é essencial para manter normais nossas funções fisiológicas.


Abaixo você pode conferir um pouquinho mais sobre cada uma das vitaminas:


Vitamina A: Tem efeito antioxidante e está envolvida na manutenção da visão, formação

de células, desenvolvimento embrionário, espermatogênese, resposta imune, paladar,

audição, apetite, formação de ossos e órgãos. É encontrada em vegetais de coloração

verde-escura e amarelo-alaranjado e também em fígado, peixes, ovos, leites e derivados.


Vitamina D: A vitamina D está envolvida no crescimento e na formação de células

sanguíneas e células do sistema imune. Além disso, auxilia na absorção de cálcio e

fósforo, tendo papel importantíssimo na saúde dos ossos. Existem diversos tipos de

vitamina D, mas de maneira geral suas fontes são peixes, óleo de fígado de bacalhau,

cogumelos, ovos e exposição à luz solar.

A exposição solar é a fonte que melhor contribui para a aquisição desta vitamina e, vale lembrar que para uma adequada sintetização, a pele não deve estar coberta com protetor solar, roupas ou através de vidros, por exemplo.

Hoje em dia a deficiência desta vitamina é bastante comum e está associada a problemas

cardiovasculares, obesidade, alguns tipos de câncer, desordens imunológicas e

complicações na gravidez. No entanto, uma exposição solar diária de mais ou menos 15

minutos é suficiente para manter os níveis adequados desta vitamina.


Vitamina E: A vitamina E tem importante função antioxidante, anti-inflamatória,

neuroprotetora e redutora de colesterol. Suas fontes são carnes, óleos vegetais, nozes,

amêndoas, amendoim, pistache, gergelim, etc.


Vitamina K: Sua principal função está relacionada a coagulação sanguínea e por isso é

conhecida como vitamina anti-hemorrágica. Além disso, está relacionada à saúde óssea

devido aos seus benefícios na prevenção de fraturas por osteopenia e osteoporose. As

principais fontes alimentares desta vitamina são os óleos vegetais e vegetais verde

escuros como brócolis, couve, espinafre, além do repolho.


Vitaminas do complexo B: As vitaminas do complexo B consistem nas vitaminas B1, B2,

B3, B5, B6, B7, B9 e B12, tendo B6, B9 e B12 suas funções relacionadas à formação de

células sanguíneas, e as demais vitaminas funções relacionadas a liberação de energia.

De maneira geral, todas estas vitaminas podem ser encontradas em alimentos de origem

vegetal como frutas, vegetais verde escuros, aveia e outros cereais integrais. No entanto,

a vitamina B12 é encontrada exclusivamente em carnes e sempre deve ser avaliada com

rigor em indivíduos vegetarianos. Outra vitamina deste grupo que merece bastante

atenção é a vitamina B9, também conhecida como ácido fólico, extremamente importante

na formação da medula espinhal do bebê. Durante a gravidez, sua deficiência está

relacionada à má formação da medula, chamada espinha bífida e portanto, sua

suplementação é indicada neste período. Além disso, por estarem relacionadas à formação de células sanguíneas, as vitaminas B6, B9 e B12, quando em quantidades

insuficientes, podem ocasionar anemias.


Vitamina C: Também conhecida como ácido ascórbico, a vitamina C é um agente

antioxidante, reagindo diretamente nos radicais livres. Também é essencial para a síntese

de colágeno, hormônios adrenais, neurotransmissores, melhora da absorção de ferro e da

imunidade celular. Uma leve deficiencia deste nutriente pode causar falta de apetite,

fadiga, dor muscular e suscetibilidade aumentada a infecções. Em casos mais graves

pode ocorrer fraqueza muscular intensa, cefaleia e escorbuto. As principais fontes

alimentares de vitaminca C as são frutas cítricas como acerola, goiaba, laranja, maracujá,

abacaxi, morango, etc.


As quantidades de cada um destes nutrientes variam conforme suas necessidades

individuais e sua faixa etária, portanto é sempre importante conversar com seu

nutricionista.


Então: deu pra descobrir um pouquinho mais sobre o importante papel das vitaminas no

nosso corpo? Deixa aqui nos comentários se ficou com alguma dúvida ou sugestões de

assuntos que você gostaria de ver aqui na RedeNutri!


#Vitaminas


  • Pinterest
  • Facebook
  • Instagram

Rede Nutri

RICARDO WATHIER ALMEIDA - ME 22.415.168/0001-09

Rua Mato Grosso 185. Charqueadas/RS
(51) 99771-8877 (whats)

© 2018 por Rede Nutri. Orgulhosamente criado com Wix.com